Mês: maio 2013

Os pernambucanos Dom Pepeu e Cícero Amorim agora são cidadãos baianos

Reportagem e fotos: João Melo A Câmara Municipal de Vereadores teve na noite desta quinta-feira, 16, talvez, o seu mais expressivo público, durante à entrega dos títulos de Cidadão Baiano, fora do da sede da Assembleia Legislativa do Estado. Foram homenageados o arcebispo metropolitano dom Luís Gonzaga Silva Pepeu, e o empresário Cícero Pereira do Amorim, sendo os dois títulos apresentados ao parlamento pelo deputado Fabrício Falcão (PC do B). A solicitação de entregar as honrarias no Sudoeste partiu do proponente, deputado Fabrício Falcão, um dos representantes de Vitória da Conquista no parlamento estadual, e defensor da interiorização dos...

Read More

Transporte público conquistense: Quebrando o tempo todo

Repórter João Melo A cidade de Vitória da Conquista tem o trânsito tumultuado. A situação na terceira maior cidade da Bahia piora quando acidentes interditam parcialmente o tráfego nas áreas centrais do município. Este ônibus da Viação Serrana está quebrado. Claro que os coletivos não podem escolher locais para apresentar defeito. Mas as consequências são maiores quando o acidente se verifica num ponto nevrálgico como o cruzamento da Régis Pacheco, com Crescêncio Silveira. O assustador em tudo isso é que durante o tempo todo em que a reportagem do site CONQUISTANEWS esteve no local, não havia agente especializado para...

Read More

Explode a violência em Conquista: Lojas arrombadas e assaltadas no centro da cidade

Repórter João Melo   Vitória da Conquista passa por mais uma explosão de violência. O site CONQUISTANEWS, vem publicando reportagens especiais que mostram que estamos mergulhando no caminho de um pesadelo total. O fato de termos três deputados governistas, governador, presidenta e prefeito alinhados não tem servido para restaurar a ordem, combater o crime organizado de forma eficaz e devolver ao cidadão o direito de viver com tranquilidade na terceira maior cidade baiana. Esta rua está infestada de arrombadores durante a noite Muitas dessas reportagens tratam de problemas como a impunidade dos criminosos, a falta de carceragens, a superlotação do presídio e a omissão das autoridades diante do problema. São anos seguidos de páginas policiais escritas com sangue mostrando a fragilidade do estado diante dos bandidos, o placar continua desfavorável para os policiais e os civis inocentes. O empresário Pedro Pinheiro Correia está amargurado, desiludido com a insegurança incorporada ao cotidiano de Vitória da Conquista e pensa até em deixar a cidade. Fundamenta esta decisão após sofrer o terceiro golpe em poucos meses. Não é pra menos. “Duas vezes fui vítima de assalto à mão armada e agora, arrombaram a porta de sua loja e levaram uma televisão com 50 polegadas, 32 aparelhos celulares, filmadoras, máquinas digitais. Na realidade, estou trabalhando para sustentar ladrões”, comentou. Os bandidos arrombaram a porta da USE E LUCRE utilizando uma picareta. Durante esta...

Read More

Sumiram os clientes da Feira do Paraguai

Repórter João Melo   Feira por dentro Os vendedores da Feira do Paraguai que foram transferidos para a Praça Hercílio Lima, defronte ao Hospital São Vicente, reclamam por que os clientes sumiram. Nesta quinta-feira, (16) vai fazer um mês que eles transferidos. “O paradeiro é medonho. Passo o dia olhando o vai e vem dos carros. Eu também não acredito que a Praça Arlindo Rodrigues vai se transformar em shopping Popular no prazo máximo de um ano, como foi prometido”, desabafa Helena Morais. Feira (lateral) na calçada Quase 250 barracas de confecções, eletrônicos, pescas e outros foram transferidas. Há...

Read More

Temos médicos cubanos na cidade

Habemus cubanus doctores in civitate  Reportagem João Melo A sessão da Câmara Municipal nesta quarta-feira, (15) foi morna, exceto o debate travado entre Arlindo Rebouças e alguns situacionistas, sobre a vinda de médicos cubanos para atender nesta cidade. Arlindo citou que na zona rural conquistense existem poucos postos de saúde. Os poucos que funcionam, não têm água para os médicos lavarem as mãos e que os atendimentos costumam ser feitos de improviso em igrejas, residências ou escolas. Muitos destes postos, tem atendimento apenas uma vez por mês. No seu entendimento, médicos cubanos não resolveriam os problemas de saúde no...

Read More
  • 1
  • 2