Mês: março 2015

Aplicativos e redes de relacionamento se introduzem na vida do conquistense

  Érika Camargo Com as novas tecnologias, novas formas de viver e se relacionar são propostas. Aplicativos como WhatsApp, Instagram, Facebook, Twitter estão cada vez mais integrados ao nosso cotidiano. Há também os aplicativos de relacionamento, que servem para promover encontros, sobretudo entre pessoas que não se conhecem. Popular entre as redes do gênero, o Tinder foi lançado em 2012 e já conta com mais de 22 milhões de usuários. Com tecnologia de geolocalização, o aplicativo busca pessoas – que também tem o aplicativo instalado em seus smartphones – acima de 18 anos que estão próximas, em um raio de até 161 km. Funciona da seguinte forma: na tela principal você tem dispostas fotos dos usuários, com informações básicas, apenas primeiro nome, idade e distância em que a pessoa está. Quando você desliza a foto para o lado esquerdo, quer dizer que não tem interesse naquele usuário – você dá um não para ela ou, na linguagem do aplicativo, um “nope” (apelido para o no, “não” em inglês). Mas, se você arrastar a foto para o lado direito, quer dizer que você se interessou. Você dá um “like”, ou “gostei”. Se por acaso aquele usuário também te der um “like”, o aplicativo diz que vocês combinam, e a partir daí vocês podem trocar mensagens. Conquista e arredores também tem se interessado pelo Tinder. No app, é possível encontrar homens e...

Read More

Saiba o que mudou na forma de declaração do Imposto de Renda

  Celso Rios Com intuito de facilitar ao contribuinte o processo de declaração do Imposto de Renda, a Receita Federal tem implementado seu sistema com algumas mudanças que tornarão mais fáceis o cumprimento dessa obrigação. Há cerca de dois anos o órgão criou mecanismos como aplicativos para celulares e tablets, que facilitaram o processo de declaração para muitos contribuintes. Já neste ano, a principal inovação se dá pela possibilidade de armazenamento em nuvem dos dados declarados de forma que as informações fiquem disponíveis e a pessoa que esteja declarando possa prosseguir com o processo posteriormente em qualquer outro dispositivo. Outro processo criado é a declaração online, onde as pessoas que possuem certificado digital (uma forma de assinatura eletrônica de documentos ) vão poder declarar o imposto de renda na internet. Bastando apenas, entrar na página da receita federal e clicar no botão chamado centro de atendimento virtual (e-CAC), lá será inserido um dispositivo semelhante ao pendrive que contém esta assinatura digital, e se terá acesso à declaração do contribuinte que automaticamente ficará salva na mesma nuvem. Ou seja, todos os processos estarão integrados na mesma rede de dados. Segundo o delegado da Receita Federal, André Reis, outra mudança significativa será a apresentação do CPF de pagamentos de pessoas físicas para profissionais liberais. “Os profissionais liberais a exemplos de médicos, que recebem rendimentos de pessoas físicas sofrerão alterações também na...

Read More

Mulheres conquistam espaços que antes eram restritos aos homens

      Érika Camargo   O Dia Internacional da Mulher é comemorado em homenagem às lutas femininas, sobretudo no âmbito trabalhista. No século XX, as mulheres conquistaram muito na busca pela igualdade entre gêneros, como a inserção no mercado, o direito ao voto e condições mais justas no trabalho. Mas ainda há muito a conquistar. Hoje vemos mulheres ocupando lugares que antes eram restritos aos homens sob um pretexto biológico. Diziam que mulheres eram frágeis e incapazes de realizar algumas tarefas, mas a mulher a cada dia que passa prova o contrário. Sandra Maria Fernandes é uma dessas mulheres. Com 36 anos de idade, ela trabalha como servente na construção civil há dois anos. Trabalha desde os treze. Começou como faxineira, mas diz que prefere o seu ofício atual, por ter mais segurança, carteira de trabalho assinada e mais direitos assegurados. Como inúmeras outras mulheres, Sandra faz dupla jornada: trabalho assalariado e o trabalho doméstico.  “Eu sou dona de casa, quando volto do trabalho tenho que limpar, lavar roupa, fazer comida. Além disso tudo, ainda faço trabalhos por fora nos fins de semana”. Contrariando a lenda popular de que a mulher é o sexo frágil, Sandra faz o trabalho pesado nas obras. “Às vezes tenho que pegar o rejunte, carregar peso, tirar entulho, quebrar materiais…”, comenta Apesar de achar que não é fácil encontrar uma firma na construção...

Read More

Vara de Violência Contra a Mulher é instalada em Vitória da Conquista

A.J. Oliveira Numa solenidade realizada na segunda-feira passada (2) no Fórum João Mangabeira, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) instalou em Vitória da Conquista a Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher. Estiveram presentes na ocasião o desembargador Eserval Rocha, presidente do TJ-BA, o corregedor-geral da Justiça e representantes do Governo Municipal. Podendo processar, julgar e executar causas cíveis e criminais ligadas à violência contra a mulher, a vara é a terceira desse tipo no estado – existem outras em Feira de Santana e Salvador.“Muita gente trabalhou para que isso acontecesse”, disse o desembargador Eserval Rocha sobre a instalação. “Vitória da Conquista só tem a ganhar, e essa é a nossa luta, que tem o objetivo de fazer com que o Judiciário avance”. Apesar de a solenidade de instalação já ter acontecido, a Vara ainda não está funcionando. Falta ser designado o juíz ou juíza que ficará como titular dela. Enquanto isso não acontece, o Tribunal de Justiça não fornece uma data para o início das atividades da Vara, limitando-se a dizer que isso deve ocorrer “o mais rápido possível”. A violência contra a mulher já era combatida em Conquista através de instâncias como o Crav (Centro de Referência Albertina Vasconcelos) e a Deam (Delegacia Especial de Atendimento à Mulher). Entretanto, uma vara voltada exclusivamente para isso é importante para fazer com que os casos do...

Read More