Autor: admin

Apesar da seca e outras dificuldades presidente da COOPMAC espera uma grande Exposição este ano

João Melo/Taís Patez “A Expoconquista é o evento que mais traduz a nossa cultura, economia , e a nossa forma de viver.” Desde 1942 a Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Vitória da Conquista (Expoconquista), enche os olhos dos conquistenses, se tornando tradição desde então. Esse ano, a Expoconquista estará em uma sua 51° edição, e já tem data marcada, será realizada de 28 de março a 02 de abril, com um espaço de tempo reduzido, de dez para seis dias. Realizada pela Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense (Coopmac), a Exposição promete movimentar a Suíça Baiana. O lançamento oficial da 51° edição da Exposição será realizado no dia 14 de fevereiro, onde a imprensa e as autoridades serão convidadas para conhecer o novo formato do evento. E para falar sobre as novidades que vão agitar a Expo 2017, o Jornal A Semana entrevistou o presidente da Coopmac, Jaymilton Gusmão Filho, confira! A SEMANA – Porque o espaço de tempo foi reduzido de dez para seis dias? JG – A mudança deve-se, naturalmente a crise que o país atravessa. Expositores das áreas industrial, comercial e animal queixaram-se que o tempo era muito grande também, gerava muitas despesas. A dificuldade de patrocínio das instituições que acolhem esse tipo de evento também foi um agravante. Portanto, em 2017 o tempo encurtado. A SEMANA – Quais serão as novidades da Expoconquista 2017? JG –...

Read More

Pais dormem na frente de escola para filhos poderem estudar

Durante toda a semana que passou, conquistenses enfrentaram o maior calvário para conseguir matrículas na rede estadual de ensino e teve muitos pais que dormiram na fila para garantir vaga para os filhos. A situação foi, também, muitas filas em várias unidades escolares da rede. Ao todo são cerca de 24 mil vagas disponibilizadas nas escolas da rede estadual da cidade. Jandira Moreira, grávida de cinco meses, passou quase o dia inteiro aguardando uma vaga. Quando o dia estava chegando ao fim, foi orientada a voltar depois, pois o sistema estava lento demais. “Fiquei com fome o dia inteiro pra nada. Se não conseguir a vaga para minha filha, entro com ação na justiça. Foi um desrespeito”, desabafou. “O que está acontecendo este ano não é novidade. Em anos anteriores a situação foi exatamente a mesma. Fico envergonhada com este quadro. Aqui na Bahia, as dificuldades são enormes. Parece que o governo não gosta de ver o povo estudando. Dá vontade de largar os estudos pra lá”, comentou Jéssica Limeira, revoltada com a espera de quase oito horas para conseguir a matrícula. Não conseguiu no dia em que foi ao colégio. De acordo com o cronograma da Secretaria da Educação do Estado, o primeiro dia de matrícula (24/01) foi direcionado ao estudante da rede estadual de ensino nas seguintes situações: deve mudar de escola porque a atual não oferece...

Read More

Explosão em motel deixou dois feridos

João Melo O acontecimento da semana passada que mais chamou a atenção dos conquistenses e da Bahia foi a explosão da caldeira do Motel Ritz situado no bairro Comveima. Duas pessoas ficaram feridas após uma explosão, ocorrida em uma caldeira usada para lavagem e secagem de roupas. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas, José Rocha Oliveira, de 43 anos, e Laudimar Carvalho Silva, 32 anos, são funcionários do motel. Eles foram socorridos pelo Samu e encaminhadas para o Hospital de Base de Vitória da Conquista. José teve traumatismo craniano e Laudimar sofreu uma fratura exposta na perna direita. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde dos feridos. O motel fica localizado no bairro Comveima I e teve a estrutura danificada. Segundo moradores da região próxima ao estabelecimento, o impacto da explosão foi sentido a uma distância de cerca de 3 km. Em decorrência do acidente três famílias desalojadas. Os moradores deixaram os imóveis após orientação da Defesa Civil da cidade. A direção do motel informou que as famílias que tiveram as casas atingidas estão alojadas no próprio motel e que vai arcar com prejuízos dos imóveis. Uma das casas vizinhas atingidas teve vários estragos e o forro do teto desabou. Não tinha ninguém no local no momento da explosão. O dono do imóvel, o motorista Alex Santos, lamentou o ocorrido. A residência do garçom Márcio Santos...

Read More