Em visita a Vitória da Conquista ontem (9), o governador Rui Costa voltou a falar sobre um compromisso que assumiu com o município e que é de interesse de toda a população: a construção da Barragem do Catolé.

Questionado sobre a falta d´água na cidade e as medidas para a construção da barragem, Rui Costa explicou: “Eu tô com dois anos do meu mandato cobrando e aguardando a liberação de recursos e cansei. O povo de Conquista com certeza cansou, eu já determinei à Embasa que faça a licitação e a licitação já foi colocada na rua, nós vamos fazer com recurso próprio a barragem do Catolé, um investimento na ordem de 200 milhões de reais”, disse.
O governador falou ainda sobre a implantação da adutora auxiliar do rio Gaviãozinho, que deve aumentar a oferta de água para o sistema integrado de Vitória da Conquista e Belo Campo, que hoje atende cerca de 130 mil domicílios: “Eu volto aqui em breve, nos próximos dias, para fazer uma vistoria na obra que nós estamos fazendo de R$ 4 milhões e 400 mil, uma obra emergencial no Rio Gaviãozinho, para reforçar o abastecimento de água de Conquista. Nós já tínhamos feito a primeira etapa da obra do Catolé, com pouco mais de 34 milhões de reais e agora vamos fazer essa obra emergencial do Gaviãozinho”, finalizou.  
Para o deputado Zé Raimundo, a vinda do governador foi bastante positiva: “Nós sabemos que a cidade vai continuar reivindicando, e através dos nossos mandatos, meu e de Waldenor, também continuaremos à disposição da comunidade. Mas acredito que o importante é que a cidade está vendo o esforço do governador e é um compromisso que ele já assumiu com Vitória da Conquista e está trabalhando para isto”, concluiu.